Quanto Custa?

França Brasil

Intercâmbio e Cursos para Estudar e Trabalhar na França

Perguntas Frequentes

Como faço para estudar na França?

O processo todo para você estudar na França é bem simples quando você é assessorado pela nossa equipe. Veja aqui um “passo-a-passo” do processo para estudar na França.


É verdade que os franceses são mal-educados?

Os franceses têm muito orgulho de seu país e isso, muitas vezes, pode ser confundido com falta de educação. Um bom número de franceses fala inglês, mas isso não significa que você deve tentar falar inglês como se estivesse na Inglaterra.

A dica é: Comece QUALQUER conversa em francês, mesmo que seja pra dizer que você não fala francês. Peça desculpas e pergunte se a pessoa fala inglês.

Essa simples dica ajudará você a ter uma ótima primeira impressão dos franceses.


Preciso de seguro saúde?

Para estudar na França é necessário ter um seguro saúde. Seus custos e coberturas variam de acordo com o tempo e tipo de curso.

Fale conosco para obter um seguro saúde/viagem antes de embarcar.


Posso dirigir na França? E como alugar um carro?

Na França, a carteira de motorista brasileira é válida por até um ano a partir da data de chegada no país. Após esse período é necessário trocar para uma carteira de motorista francesa. Além de ter uma carteira de motorista válida e ter sido emitida no Brasil, ela também precisa estar acompanhada por uma tradução oficial.

A maioria das locadoras de carros na França exige uma idade mínima de 21 anos. Condutores com menos de 25 anos estão sujeitos ao pagamento de uma taxa de “condutor jovem”. As maiores empresas oferecem ampla gama de escolhas, desde veículos menores mais econômicos aos mais luxuosos, bem como vans e trailers. Ar condicionado e rádio são itens comuns em qualquer modelo e lembre-se que a maioria das locadoras conta com veículos hidramáticos, os automóveis com câmbios manuais são raros e a maioria também oferece veículos com adaptação para deficientes físicos. Recomenda-se também comprar um GPS ao invés de alugá-lo junto com o carro.


Qual o fuso horário da França?

A França tem apenas um fuso e ele está 4 horas à frente do horário brasileiro (de Brasília), ou seja, enquanto no Brasil é meio dia, na França são 16h.

Em 2015 o horário de verão francês começou no dia 29 março e terminou dia 25 de outubro. Como em boa parte desse período o Brasil está em seu horário tradicional, durante a maior parte do ano a diferença entre Brasil-França foi de 5 horas. Em contrapartida, quando o horário de verão está sendo usado somente no Brasil, a diferença cai para apenas 3 horas.

 


Vacinas necessárias para viajar para a França

Relaxe, para estudar na França não é necessária nenhuma vacina.

Mas para quem é precavido vale a dica, a vacinação do viajante contra doenças infecciosas serve para dois propósitos:

• Para proteger a pessoa que pode ficar exposta à infecção.
• Para proteger os países do risco de importar a infecção.

Caso venha a se vacinar, lembre-se que ela deve ser feita dez dias antes de viajar e que as pessoas que foram imunizadas há mais de dez anos devem tomar uma dose de reforço da vacina, pois sua validade é de somente 10 anos; e também de levar a Carteira Internacional de Vacinação comprovando.

 


Qual é a moeda da França?

Assim como em boa parte da Europa, a moeda na França é o Euro (€). O Euro trabalha com moedas de 0,01, 0,02, 0,05, 0,10, 0,20, 0,50, 1,00 e 2,00. Além de cédulas de 5, 10, 20, 50, 100, 200 e 500.

Na França, boa parte das compras são feitas através de cartão de débito ao invés de crédito e raramente há a opção de parcelamento. Cartões de crédito – as principais bandeiras são Cirrus, Visa e Mastercard – são bastante aceitas nos bares, restaurantes, cafés e lojas do país.

Os caixas-eletrônicos são conhecidos como DAB (distributeur automatique de billets) ou “Point d’argent” e você pode encontrar um em praticamente cada esquina, especialmente em Paris. Importante dizer também que, para quem não tem conta em um banco local, há uma taxa para cada saque realizado. Consulte seu banco para saber informações e valores.

Interessante ressaltar que na França é possível trocar e sacar dinheiro em agências dos correios.

Notas de alto valor não são muito fáceis de usar e em muitos lugares, especialmente cafés e lojas de conveniência, notas maiores que €50 não são aceitas.
Nos bancos, os horários de atendimento variam de cidade para cidade, dependendo da localização, tamanho da agência, etc. Algumas agências podem abrir aos sábados e fechar no início da noite ou nem trabalhar em algumas segundas-feiras, enquanto muitas fecham durante o almoço, entre meio-dia e duas da tarde.

Entretanto, o mais comum é que os bancos funcionem de segunda a sexta-feira, das 9h da manhã às 17h30min da tarde.


Quais são as companhias aéreas domésticas na França?

Diversas companhias fazem voos saindo de Paris para quase todos os destinos da Europa (e do mundo inteiro), sendo eles tradicionais ou não. As principais de baixo custo são a easyJet, Ryanair, Transavia (que faz parte do grupo KLM – Air France) e Air Europa.

Como a França fica no continente europeu (e não em uma ilha, como a Inglaterra e Irlanda), recomenda-se fortemente que se viaje de trem pela facilidade e flexibilidade de locomoção, embora muitas vezes uma passagem aérea em uma companhia “low cost” seja mais em conta.


Como assim, eu não pago nada pelo serviço da agência?

Nosso serviço é gratuito para o estudante! Somos remunerados pelas instituições de ensino que representamos. Isso significa que você não paga absolutamente nada pelo nosso serviço. Este custo é coberto pela escola que você escolher e eles nos pagam pelo nosso serviço prestado a você. A única coisa que cobramos é a taxa administrativa.


Como vocês conseguem preços melhores que diretamente nas escolas?

Como enviamos um grande número de estudantes e, por isso, geramos um grande volume de negócios para as escolas, temos condições de oferecer melhores preços. Isso faz com que você, estudante, seja beneficiado, pagando muitas vezes mais barato do que comprando diretamente na escola –  além de ter o suporte da França Brasil gratuitamente.


O que é a taxa administrativa cobrada?

O valor da taxa administrativa cobre apenas custos operacionais, bancários, remessas internacionais e impostos que você teria igualmente caso fizesse tudo por conta própria. Na realidade, você teria gastos ainda superiores à taxa administrativa se optasse por realizar o processo diretamente com a escola, pois teria que arcar com os custos de remessas internacionais, taxas de câmbio variadas, IOF, etc., sem contar o risco de enviar algum valor errado por não contar com variações cambiais, impostos internacionais e taxa do banco internacional. E, se isso acontecer e o processo precisar ser refeito, os custos aumentarão consideravelmente. Por isso é tão importante – e aconselhável – que todo o processo seja feito com auxilio de uma agência, pois estamos acostumados com toda essa burocracia e sabemos a maneira certa de fazer isso com o menor custo possível.


Por que as escolas pagam as agências (e não o estudante/cliente)?

Porque a escolas são…escolas! Para eles não é interessante realizar processos burocráticos como matrículas, passagens aéreas, fazer vistos, seguros etc., pois eles não tem nem condições (eles teriam que uma equipe para cada um dos países dos intercambistas que estudam lá, do Brasil ao Camboja, do Chile à Itália) e nem conhecimento. Portanto, as escolas preferem remunerar a nossa agência para que nós façamos este trabalho para eles. Isso é o que permite que você tenha acesso a um atendimento gratuito, especializado e em português, além de solucionar todas suas dúvidas antes de embarcar. Além, é claro, de ter o suporte para todos os trâmites burocráticos que as escolas não têm condições de oferecer.


Posso fazer intercâmbio sem a ajuda de uma agência?

Sim, é possível. Entretanto, pagando seu curso diretamente com a escola, você paga o mesmo que a França Brasil oferece. Além disso, todas as  questões relativas à viagem como passagens aéreas, solicitação de visto, seguros, documentação e traduções, etc., teriam que ser feitas por conta própria. Você pode pensar que isso lhe economizaria uma pequena quantia, mas isso não acontece. Na prática, além de ser desgastante, pode ser um risco já que em várias questões (como preenchimento do formulário de visto, organização da documentação, obtenção de seguros e oferta de passagens) a experiência é fundamental para que tudo ocorra perfeitamente.


Quais as companhias aéreas que voam entre Brasil e França?

É possível chegar até a França com a maioria das principais companhias aéreas do mundo. As mais comuns (e normalmente as mais baratas) são a francesa Air France e a brasileira TAM, mas todas as principais companhias aéreas fazem voos para a França: Tap, Delta, KLM, Alitália, além da alemã Lufthansa e da inglesa British Airways.

Do Brasil, o único destino francês onde há voos diretos é a capital Paris.

Uma viagem para Paris saindo tanto de São Paulo quanto Rio de Janeiro tem praticamente a praticamente a mesma duração: 11 horas e 15 minutos.


Como faço para remarcar a data do meu retorno ao Brasil?

Simples, você apenas precisa acessar nosso formulário de alteração de data de retorno.


Dicas sobre bagagens

Em todas as viagens cujo primeiro voo parte do Brasil é possível transportar, gratuitamente, 2 peças de bagagem. Cada uma delas deverá ter o peso máximo de 32kg, respeitando o tamanho TOTAL de 158cm (somando as 3 dimensões: comprimento, largura e altura). Além disso, é permitido levar uma bagagem de mão de, no máximo, 10kg.

Porém, se a viagem inicia-se fora do Brasil, aplica-se a franquia padrão, que é uma peça de 23kg.

  • Confirme a reserva de sua passagem por telefone com a companhia aérea com uma antecedência mínima de 72 horas.
  • Compareça ao balcão de embarque (check-in) com uma antecedência mínima de 3 horas.
  • Fique atento às mudanças de horário local.  Preste atenção também nas mudanças de horário de verão.
  • Certifique-se de que esteja com todos seus documentos necessários ao embarque (passaporte, visto, passagem, carta da escola, etc).
  • Verifique sempre a validade de seus documentos de viagem (passaportes e vistos).
  • Certifique-se de que suas bagagens estejam dentro das normas da companhia aérea.
  • Após o check-in verifique se o atendente devolveu todos os seus documentos.
  • Fique atento ao horário do voo e chegue ao portão de embarque com pelo menos 1 hora de antecedência.
  • Em caso de perda de sua passagem, entre em contato imediatamente com funcionários da companhia.
  • Lembre-se que fumar é proibido nas aeronaves e também nos aeroportos.

Dicas de embalagem da mala

  • Não utilize correntes e/ou cordas elásticas em volta da bagagem.
  • Caso os passageiro tenha utilizado a mala anteriormente em outras viagens, verifique se não há outras etiquetas de vôos anteriores.
  • Utilize uma etiqueta de identificação dentro e fora da bagagem contendo seu nome completo e endereço de destino e de sua residência do país de origem.
  • Caso o passageiro esteja transportando medicamentos ou objetos de valores (câmeras, equipamentos eletrônicos) mantenha estes dentro de sua bagagem de mão.
  • Alguns itens que não poderão embarcar: lanternas, fósforos, materiais inflamáveis, corrosivos ou radioativos e substâncias contagiosas.

Observação: 
Nenhum equipamento pesando mais de 45 quilos será aceito como bagagem. Excedendo esse peso, o equipamento será considerado carga.


Contato da Embaixada e Consulados Brasileiros na França

O escritório da Embaixada Brasileira na França funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

O Consulado Brasileiro fica na 65, Avenue Franklin Roosevelt 75008 Paris.

Importante ressaltar que o consulado não presta qualquer informação por telefone.


			

Qual voltagem e tipo de tomada na França?

Na Europa os plugues não são padronizados, ou seja, onde quer que você viaje, é bem possível que as tomadas sejam diferentes entre um lugar e outro. No caso da França, por exemplo, os únicos países semelhantes são a Bélgica, Polônia, República Tcheca e Eslováquia.

O formato utilizado na França é um plugue redondo, com dois pinos arredondados e paralelos com um pequeno orifício no alto.

A voltagem na França é 220v e a melhor recomendação é carregar sempre consigo um (ou mais) adaptador universal, que é facilmente encontrado tanto no Brasil quanto na França.


Como telefonar da França para o Brasil?

As duas principais (e melhores) maneiras de ligar para o Brasil são pelo Skype ou comprando um chip de celular. Como a conversa via Skype é necessário basicamente ter uma conexão de internet e um aplicativo do Skype (ou um laptop), essa acaba sendo a melhor opção.


Quais são os feriados da França?

Existem 10 feriados na França. Apesar disso, apenas o feriado do Dia do Trabalho (1º de Maio) é um feriado garantido pela constituição francesa. Todos os outros dias são concedidos graças a acordos entre os sindicatos dos trabalhadores e empregados ou entre empresas e funcionários. Outros pontos importantes:

– Os feriados que caem no domingo são comemorados na segunda-feira seguinte;
– Se um feriado cai em uma terça ou quinta-feira, é comum emendarem o feriado com a segunda-feira (ou sexta-feira), criando um feriado prolongado, assim como no Brasil.

27 de março 2016 – Páscoa
1º de maio 2016 – Dia do Trabalhador
5 de maio 2016 – Ascenção em Jesus
8 de maio 2016 – Dia da vitória na Europa
15 de maio 2016 – Pentecostes
14 de julho 2016 – Dia da Queda do muro da Bastilha
15 de agosto 2016 – Assunção de Maria
1º de novembro 2016 – Dia de Todos os Santos
11 de novembro 2016 – Dia do Armistício
25 de dezembro 2016 – Natal


O que é Jet Lag?

O jet lag é a perda de ritmo e concentração ao se passar por fusos horário diferentes em pouco tempo. Seu sintomas consistem em irritabilidade, dor de cabeça, cansaço e alteração dos padrões de sono e fome. Esse tipo de alteração ocorre devido às mudanças de hábitos (hora de comer e de dormir, por exemplo). Os efeitos do jet lag são mais evidentes quando a diferença de horário entre o ponto de saída e o destino é superior a quatro horas. São necessários, em média, um dia de descanso para cada hora de diferença.


Como é o clima na França?

Durante todo o ano, a França desfruta de temperaturas amenas: nem muito frias, nem muito quentes. É claro que todas as regiões têm as suas particularidades climáticas: mais fresco e úmido a norte e a oeste; mais quente e seco junto ao Mediterrâneo.

No inverno, a queda de neve nas regiões montanhosas garante a felicidade dos amantes do inverno e de esportes radicais. A neve é mais rara nas planícies, encontrando-se essencialmente a norte do rio Loire e caindo esporadicamente em Paris.

Na primavera, o termômetro geralmente passa dos 20ºC no sul. Em Nice ou Cannes, é possível até tomar banho de mar.

O verão é quente e calmo. O sol domina todo o país. Há para todos os gostos: muitas vezes 30ºC em Ajaccio ou Marselha, mais próximo dos 25ºC em Brest ou Deauville.

No Outono regressa a chuva, depois as temperaturas amenas, à medida que nos aproximamos do Natal. Os dias ficam cada vez mais curtos.


Como levar dinheiro para a França?

Solicite gratuitamente seu VISA TRAVEL MONEY em uma de nossas agencias:

O VTM é um cartão pré-pago internacional, recarregável, que pode ser utilizado para saques (rede Plus) e compras (rede Visa) em mais de 200 países.

Ao adquirir um Rendimento Visa TravelMoney, você terá as seguintes vantagens:

  • Aceito em mais de 30 milhões de estabelecimentos credenciados à rede Visa (restaurantes, hotéis, farmácias etc.) e 1,8 milhões de caixas eletrônicos filiados à rede Plus distribuídos por mais de 200 países;
  • O cartão é carregado em dólar americano, euro ou libra esterlina e as compras e saques são realizados na moeda local do país em que estiver;
  • Vantagem exclusiva: economia de 6% de IOF em relação ao cartão de crédito;
  • Sem risco de variação cambial contra a alta da moeda carregada no cartão;
  • Podem ser recarregados quantas vezes quiser, mesmo à distância;*
  • Disponibilidade de cartões adicionais para acessar o mesmo saldo*;

Clique aqui para solicitar o seu Visa Travel Money


Dinheiro, cartões de credito, Traveler checks?

A moeda da França é o euro. Mas além do dinheiro em espécie há outras formas, até mais práticas, de se levá-lo.

Cartões de credito são seguros e aceitos em todos os lugares. Também permitem sacar dinheiro nos caixas eletrônicos. São imprescindíveis para quem vai fazer uma viagem internacional, pois não deixa de ser uma forma de se ter mais segurança, principalmente em relação aqueles gastos que não foram previstos no roteiro inicial.

Traveller-Checks – Tem seguro e são numerados. Podem ser adquiridos em bancos.

Visa Travel Money (VTM) – o mesmo que Traveller Checks porem na forma moderna de um cartao como um cartao de credito. Hoje em dia a principal forma utilizada por viajantes do mundo todo. Fale conosco para obter o seu VTM.